Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘CECC’

A gente fortalece pra ser fortalecido

Da esquerda para a direita: Ederson Déka, Yasmin,Samuel e Elberth

Hoje, Sábado, 16 às 14h, o Centro Esportivo e Cultural CUFA Cuiabá (CECC), localizado no bairro São João Del Rey, teve o prazer de receber  três (3) novos comunicadores: Yasmin Garcia (18), Elberth Costa (17) e Samuel de Oliveira (24), juntos integram agora a equipe de Comunicação da CUFA Cuiabá.

O mediador desta primeira reunião com estes novos comunicadores foi; Ederson Déka, professor e midialivrista da CUFA Cuiabá.

Impressões dos jovens

“Pra mim foi um prazer conhecer e começar a fazer parte dessa equipe, e assim adquirir experiências na área  da comunicação!”,disse a jovem Yasmin.

Elberth Costa comentou: ‘’ estou muito grato por ser um dos comunicadores desta instituição, pois  o nosso lema é:  A gente fortalece pra ser fortalecido’’.

“Entendo que Cuiabá é carente de pessoas interessadas em militar em prol da melhoria de nossa cultura,por isso, estamos juntos nessa luta, e atuar como comunicador será uma de minhas contribuições tanto para a CUFA Cuiabá quanto para a comunidade geral”, reforçou Samuel de Oliveira.

Quer ser também um comunicador?

Aqueles que tiverem o interesse de colaborar com a Equipe de Comunicação da CUFA Cuiabá é só entrar em contato conosco:

Fone: (65) 3667-0421

e-mail: favelacomunicacao@gmail.com

 

Anúncios

Read Full Post »

Novas possibilidades de uma alimentação saudável

 Por Ederson Déka

Patrícia Martins (Aprosoja) e Karina Santiago (CUFA Cuiabá)

 A Central Única das Favelas de Cuiabá (CUFA Cuiabá) recebeu no CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA), no bairro São João Del Rei, a visita da coordenadora do Programa Agrosolidário, Patrícia Martins,mais conhecida como ‘Tuca’.

Conhecendo a SERICUFA

 Ela conheceu o espaço físico da instituição, os projetos que são desenvolvidos no local e traçou metas para o fornecimento da bebida de soja a CUFA Cuiabá, a bebida será para o consumo das crianças,jovens e adultos  atendidos, cotidianamente,na sede da instituição.

 “A bebida de soja tem um grande potencial nutritivo, mas ela ainda não é consumida como deveria, quando fornecemos esta bebida a uma entidade visamos à saúde e qualidade de vida dos que irão beber, e também possibilitamos a sua divulgação como mais uma fonte nutritiva”, disse Patrícia.

Patrícia Martins falando um  sobre a visita a CUFA Cuiabá e também do Programa Agrosolidário

Read Full Post »

A Beleza na Raíz no VII Cuiabá Fashion

Por Ederson Déka

Como a maioria já sabe a Central Única das Favelas de Mato Grosso (CUFA-MT) será uma das beneficiadas da renda do VII Cuiabá Fashion, realizado pela Sala da Mulher da AL-MT, não bastava isso, recebeu outro presente, irá fazer a produção do visual de 60 pessoas, entre homens e mulheres negras (os) das diversas faixas etárias, este povo bonito irá fazer a abertura do evento. E o mais legal de tudo isso é que a maioria destas pessoas, que vão participar, são da comunidade onde está localizado o CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA),região do Osmar Cabral.

Produção

Esta mega produção está sob coordenação dos consultores de beleza da CUFA-MT, Jair e Val, do Instituto de Beleza Jair & Val Vip’s. A produção será diversificada indo desde a trança e penteados afros até o corte com desenhos artísticos.

Venha acompanhar de perto está super produção, ela acontecerá domingo (28) a partir das 10h da manhã no Centro Esportivo e Cultural CUFA (CECC), bairro São João Del Rei, Cuiabá.

Saiba como chegar aqui.

Por que negros e negras?

É que neste ano o maior evento de moda do estado faz uma homenagem aos Afrodescendentes.

VII Cuiabá Fashion

O VII Cuiabá Fashion é realizado pela  Sala da Mulher da Assembleia Legislativa-MT, ele acontecerá no dia 31 de agosto, no 44º Batalhão de Infantaria Motorizado – o Batalhão dos Cuiabanos -, em Cuiabá, trazendo a Primeira Coleção Primavera-Verão 2012 para Mato Grosso. Trata-se do maior desfile de moda do estado com o mote “A Moda é Ser Solidário”. Neste ano, a renda do evento será destinada à Central Única das Favelas em Mato Grosso (CUFA-MT), ao MT Mamma e ao Obras Sociais Anália Franco.

Mais informações:9236 9763 / 9245 2291 / 8428 1412

Read Full Post »

A leitura é uma das ferramentas de transformação social

Por Ederson Déka

Leitura em grupo

Mais fotos:http://www.flickr.com/photos/fuzuecufa2/

O brasileiro lê no máximo 40 páginas por ano, ou seja, talvez nem chegue a ler um livro completo, pensando nisso o Projeto Fuzuê está incentivando a leitura na sua oficina “O Teatro na Escola Através da Contação de História”, que está acontecendo todos os sábados no CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA), bairro São João Del Rei, as oficinas tiveram início no último dia 6 de agosto e vão até novembro.

Textos trabalhados no último dia 13 de agosto

Para fortalecer este incentivo o Projeto está lançando a campanha: #Lei1paginapordia. O objetivo é provocar não somente professores ou educadores sobre a importância da leitura, que por sinal não estão lendo, mas sim toda a sociedade, pois se lermos uma página por dia estaremos lendo 365 páginas em um ano, isso significa quase dez vezes mais do que nós brasileiros lemos.

Faça uso das suas redes virtuais e presenciais, não se esqueça de usar  no Twitter a hastag: #Lei1paginapordia

Mande para nós sugestões de leitura e experiências, vamos provocar e promover a leitura,a começar por nossas redes.

Projeto Fuzuê

 

Projeto Fuzuê foi apreciado e aprovado pelo Edital do Programa Mais Cultura de Apoio a Micropojetos voltado para municípios integrantes da Amazônia Legal e é executado em conjunto pela Secretaria de Articulação Institucional (SAL/Minc) e a Fundação Nacional das Artes (Funarte/Minc), com parceria do Banco da Amazônia (BASA) e Governo Estadual de Mato Grosso, que beneficiará jovens entre 17 e 29 anos,conta também com  o apoio da Secretaria Municipal de Educação ( SME).

Mais informações: 9236-9763

Read Full Post »

Pedro Taques  (PDT) conheceu de perto os trabalhos realizados no CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA) no bairro São João Del Rei

Por Ederson Déka

Sabemos que muitas regiões brasileiras não são atendidas, ou até mesmo vistas, pelo poder público desde a manutenção de suas necessidades básicas até algumas essenciais como: educação, saúde, cultura, emprego, segurança e saneamento básico. Para que isso aconteça de fato, à população depende da criação de Políticas Públicas emergências que a contemple.

Pensando e discutindo esses assuntos a CUFA-MT (Central Única das Favelas de Mato Grosso) recebeu no último sábado (19) às 10h em sua sede, CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA), localizado no bairro São João Del Rei, o Senador por Mato Grosso Pedro Taques (PDT), que conheceu de perto as ações e a estrutura física da instituição.

Diálogos :Paulo Ávila, Karina Santiago e o Senador Pedro Taques (PDT)
Diálogos :Paulo Ávila, Karina Santiago e o Senador Pedro Taques (PDT)

O Senador foi recebido pelo coordenador Estadual da CUFA-MT, Paulo Ávila e a pela vice-Presidente nacional da CUFA,Karina Santiago. Eles fizeram as honras da casa apresentando o espaço, a equipe e as atividades que estavam acontecendo no local.

Em conversa com Paulo Ávila, mais conhecido por Linha Dura, Pedro Taques manifestou interesse em conhecer as dificuldades da comunidade atendida pela organização, buscando promover e provocar discussões sobre Políticas Públicas para a grande região do Osmar Cabral, que contabiliza uma população estimada em quase 30 mil moradores.

 

Convidados conhecendo as bonecas negras do Ponto de Cultura Pixaim

Convidados conhecendo as bonecas negras do Ponto de Cultura Pixaim

Um dos pontos marcantes, da breve estadia do Senador da República, foi à visita ao Estúdio Nova Guarda. Lá ele pode assistir a um vídeo de uma música composta e cantada e por dois jovens rappers em formação: Jander (11) e Fabinho (13) moradores do bairro São João Del Rei.

Paulo Ávila apresenta para o Senador o trabalho de jovens talentos do rap no Estúdio Nova Guarda
Paulo Ávila apresenta para o Senador o trabalho de jovens talentos do rap no Estúdio Nova Guarda

O vídeo foi produzido e editado por André Guimarães (20) vulgo Andre33, ex-interno do Complexo Pomeri, ele foi aluno do Projeto Consciência Hip Hop (CUFA-MT) no ano de 2008 e hoje integra o quadro de membros da instituição.

Visita dos convidados a Sericufa,empreendimento Social de Sustentabilidade
Visita dos convidados a Sericufa,empreendimento Social de Sustentabilidade

Assistam o vídeo que o Senador Pedro Taques assistiu na sede da CUFA


 

Read Full Post »

Os encontros semanais do Projeto Fuzuê com crianças e adultos estão desvelando um universo rico e pouco explorado

Por Ederson Déka

Fotos: http://www.flickr.com/photos/fuzuecufa/

Crianças encantadas com o mundo da televisão

Crianças encantadas com o mundo da televisão

Trançando Histórias

Sexta feira (18) foi mais um dia de “festa” na Creche Municipal Laís Amicucci, bairro Novo Milênio, lá a criatividade, a interatividade e a magia da contação de histórias e atividades lúdicas povoaram o universo das 46 crianças de 3 a 4 anos atendidas pelo Fuzuê, idealizado pela atriz e produtora Mazé Oliveira o projeto é uma realização da Funarte (Fundação Nacional de Artes) e da CUFA-MT (Central Única das Favelas de Mato Grosso).

Prova disso foi à euforia das crianças no envolvimento com as atividades do projeto e mais; elas receberam a visita de duas emissoras de TV: Gazeta e Universidade. Elas foram fazer uma matéria sobre as ações do Projeto Fuzuê abordando sua relevância social, cultural, educativa e cognitiva.

Segundo Rosecléia Aparecida dos Santos, diretora da Creche Laís Amicucci, a idéia de trazer o projeto para dentro da Creche surgiu de uma conversa com Karina Santiago, vice-presidente nacional da CUFA, e Mazé Oliveira sobre a dificuldade que os educadores têm em contar histórias, pois essa é uma prática essencial para qualquer pessoa que queira trabalha em escolas, creches ou exerça um trabalho socioeducativo com crianças.

Momento de atividades lúdicas
Momento de atividades lúdicas

Esse indicativo também foi percebido por Nayara Del Santo, estudante de Psicologia da UFMT e auxiliar nas oficinas do Projeto Fuzuê :“A cada oficina com as crianças percebo o valor imaterial e material da contação de histórias, seu poder em desenvolver a concentração e inteligência nas crianças, pois as atividades lúdicas desde identificação visual das letras que são montadas corretamente até a criação de um mosaico de cores é impressionante, eu não imaginava que contar histórias envolveria diversas habilidades e provocaria nas crianças um bombardeio de ideias”.

O teatro na Escola Através da Contação de Histórias

Mosaico de atividades
Mosaico de atividades

Nos adultos esse processo não é diferente, pois no sábado (19) a oficina “O teatro na Escola Através da Contação de Histórias”, realizada no CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA) no bairro São João Del Rei, que atende professores da rede municipal de Educação, profissionais de bibliotecas e creches e pessoas da comunidade está envolvendo cada vez mais esses no campo imagético do contar histórias.

Todos os participantes foram submetidos ao “Rito de passagem”, isto é, contaram e reinventaram histórias a sua maneira, sem se preocuparem se estava certo ou errado, pois um dos primeiros passos para ser um contador de história é perder o medo do público.

Depois que todos expuseram o seu talento à responsável da oficina, Mazé Oliveira, convidou os participantes para uma breve análise do foco narrativo da contação de histórias.

Interação total:Eu,você e o outro
Interação total:Eu,você e o outro

“O importante é entender, a partir de agora, que quando contamos uma história para o público temos duas possibilidades, a primeira é nos colocarmos como o narrador, o que no posiciona na terceira pessoa do discurso, isto é, “ele”; como narrador não participamos da história, nós a apresentamos ao público. Na segunda nós assumimos a posição de um dos personagens, ou seja, dramatizamos a cena nos colocando como partícipes diretos, isso ainda está confuso na cabeça de cada um deles, mas acredito que até ao final de nossos encontros eles estarão muito mais seguros e entendendo as diversas nuances na construção da Narrativa Oral Cênica”,disse Mazé.

Mazé Oliveira (à direita de blusa preta) entregando CDs com atividades da oficina à participantes
Mazé Oliveira (à direita de blusa preta) entregando CDs com atividades da oficina à participantes

O Projeto Fuzuê foi o vencedor do prêmio Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura 2010”, da FUNARTE e está sendo desenvolvido em espaços atendidos pelo Ponto de Cultura Pixaim, um desses locais é a Creche Municipal Laís Amicucci, no bairro Novo Milênio, o outro é o CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA), ambos na região sul de Cuiabá.

O projeto conta ainda com o apoio cultural da Secretaria Municipal de Educação, que proporcionou o lançamento do projeto e fornecerá certificação aos participantes da oficina “O teatro na Escola Através da Contação de Histórias”.

Confira os dias e os horários das oficinas:

Sextas feiras das 8h às 10h: Creche Laís Amicucci – “Trançando Histórias”.
Sábados das 8h às 11h: CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA) – “O teatro na Escola Através da Contação de Histórias”.

Informações: 3665 1064 /9236 9763

Read Full Post »

Mais novo projeto da CUFA-MT (Central Única das Favelas de Mato Grosso) foi lançado sábado (26)

Por Ederson Déka

Abertura da cerimônia de lançamento do Projeto Fuzuê

Abertura da cerimônia de lançamento do Projeto Fuzuê

A contação de histórias é uma das práticas mais antigas da humanidade, se hoje conhecemos histórias antigas ou até mesmo lendárias devemos isso a essa arte tão rica e dominada por poucos.

Sabendo do poder mágico e pedagógico da contação de história a CUFA-MT (Central Única das Favelas de Mato Grosso) fez o lançamento do Projeto Fuzuê,que aconteceu no último sábado (26), às 19h no Centro Esportivo e Cultural CUFA (CECC), localizado no bairro São João Del Rei, região Sul de Cuiabá.

Secretária Adjunta de Educação da cidade de Cuiabá (SME), Cilene Maria Lima Antunes Maciel(em pé) ,fala sobre a importância do projeto
Secretária Adjunta de Educação da cidade de Cuiabá (SME), Cilene Maria Lima Antunes Maciel(em pé) ,fala sobre a importância do projeto

A noite de lançamento contou com a presença de professores, autoridades e representantes da comunidade local. O Projeto Fuzuê foi vencedor do Prêmio FUNARTE “Interações Artísticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura 2010”, o Ponto de Cultura Pixaim foi o escolhido para receber as ações do projeto.

Na cerimônia as honras da casa foram feitas pela vice-presidente Nacional da CUFA (Central Única das Favelas), Karina Santiago, que integra também a CUFA Cuiabá. Ela fez uma breve apresentação do que é a instituição e disse para os presentes como o CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA) funciona e de como a organização adquiriu o espaço.

“Para nós é uma felicidade ter a presença dos professores, de autoridades e das pessoas da comunidade no lançamento do Projeto Fuzuê, que está mobilizando toda Cuiabá, pois sua proposta é inovadora e possibilita a integração de diversas linguagens, desde a leitura, por meio da contação de história, até as artes cênicas”, comentou Karina.

Mazé Oliveira e o Assessor do Dep. Estadual José Riva ,Lilo Pinheiro
Mazé Oliveira e o Assessor do Dep. Estadual José Riva ,Lilo Pinheiro,camisa listrada

A coordenadora do Projeto Fuzuê e do Núcleo Fuzuê de teatro da CUFA, Mazé Oliveira, dirigiu o lançamento abrindo espaço para os convidados. “Agradeço CUFA que  por meio da Mazé que nos convidou para essa parceria, pois seu convite foi um presente para nós, que além de agraciar os nossos profissionais de biblioteca atingirá também os professores da regional sul”, disse a Secretária Adjunta de Educação da cidade de Cuiabá (SME), Cilene Maria Lima Antunes Maciel, ela também fez menção a Ruben Alves, celebre cronista da língua Portuguesa, ao se referir a contação de história: “Fazemos cursos de oratória e não de escutatória, pois temos que aprender ouvir”.

Outra presença ilustre foi do assessor do Dep. Estadual José Riva, o jovem Lilo Pinheiro, que reforçou o apoio do Deputado e do seu gabinete ao Projeto Fuzuê. Ele afirmou  que  estarão sempre à disposição para atender e ouvir as solicitações não só do projeto, mas de toda a sociedade, pois o objetivo é trabalhar e contribuir para as mudanças e avanços sociais.

Cilene Maria (SME) e Mazé Oliveira coordenadora do Projeto Fuzuê
Cilene Maria (SME) e Mazé Oliveira coordenadora do Projeto Fuzuê

Programação do Projeto

O Projeto Fuzuê será desenvolvido de março a maio de 2011, atenderá 46 crianças de 3 a 6 anos da creche municipal Laís Amicucci,do bairro Novo Milênio,com a oficina “Trançando Histórias” todas sextas-feiras das 9h às 11h.

Aos sábados, das 9h às 12h, acontecerá a oficina “O teatro na Escola Através da Contação de Histórias”, ofertada para profissionais de creches, professores da rede municipal de ensino e  pessoas da comunidade, no CECC (Centro Esportivo e Cultural CUFA), bairro São João Del Rei. Nessa oficina todos os participantes receberão certificação expedida pela SME Cuiabá (Secretária Municipal de Educação),esse contará pontos no currículo dos participantes da oficina,que por sua vez não podem faltar um encontro.

Read Full Post »

Older Posts »